Solicitação de exames diagnósticos no contexto da Atenção Primária à Saúde: uma revisão integrativa

Maria Fernanda Santos Figueiredo, Luciana Mendes Araújo, Ana Maria Vitrícia de Souza, Luis Paulo Souza e Souza, Romerson Brito Messias, Fernando Talma Ramenta Gonçalves Barbosa, Tatiana Carvalho Reis, Maisa Tavares Leite, João Felício Rodrigues-Neto

Resumo

Objetivou-se verificar os fatores que influenciam a prática médica de solicitação de exames diagnósticos no contexto da Atenção Primária à Saúde. Trata-se de uma pesquisa exploratória nas bases de dados: Medline, SciELO; Lilacs. Realizou-se uma revisão integrativa da literatura publicada até 2011, utilizando os descritores de assunto: “teste diagnóstico de rotina”, “exames diagnósticos”, “exames complementares”, “atenção primária à saúde” "atenção básica à saúde”. Foram selecionados 35 estudos. Verificou-se que há uma diversidade de fatores que influenciam a solicitação de exames e estão relacionados ao paciente; ao ambiente e aos profissionais médicos. Os fatores referentes ao serviço de saúde e a educação médica tem sido os mais contemplados pelos estudos. A prática apropriada de solicitação de exames diagnósticos pode ser favorecida por um ambiente enriquecido dentro das organizações de saúde e deve ser norteada pela educação reflexiva, voltada para a prática, que pode ser propiciada pela implementação das comunidades de prática.

Palavras-chave

Testes Diagnósticos de Rotina; Atenção Primária à Saúde; Educação Médica.

Texto completo:

Texto Completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.