Grupos educativos para idosos na Estratégia Saúde da Família: uma nova perspectiva

Maria Fernanda Santos Figueiredo, Romerson Brito Messias, Kéury Guimarães Pereira, Andreza Miranda de Abreu, Ana Maria Vitrícia de Souza, Tamara Figueiredo, Antônia Gonçalves de Souza, Luís Paulo Souza e Souza

Resumo

O estudo objetiva relatar a experiência da equipe da Estratégia Saúde da Família Eldorado I, em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, quanto à realização de grupo de idosos em sua área de abrangência de sua área. Estudo descritivo, tipo relato de experiência. O grupo Castelo Branco foi criado em março de 2008 e atende, em média, 30 idosos. São realizadas atividades educativas, utilizando metodologia ativa e problematizadora, estimulando a participação dos idosos na construção do conhecimento. São discutidos temas voltados à faixa etária e o que são por eles demandados, além do desenvolvimento de ginástica, trabalhos manuais, apresentações culturais, passeios, quadrilhas, dentre outros. Há maior conhecimento dos profissionais sobre as condições de saúde desses idosos, facilitando identificação de fatores de risco e necessidades de intervenção. Como manutenção do grupo, são realizados bazar, rifas e bingos, além de doações de instituições. Os aspectos facilitadores para realização do grupo são a força de vontade dos idosos e a dedicação dos profissionais. Assim, depois da criação do grupo, os idosos estão mais independentes, menos poliqueixosos e se inseriram nas atividades comunitárias. Faz-se necessário o fortalecimento de ações direcionadas para o grupo para garantir assim uma melhor qualidade de vida, convívio social e autonomia dessa população.

Palavras-chave

Atenção Primária á Saúde; Educação em Saúde; Saúde do Idoso; Serviços de Saúde para Idosos.

Texto completo:

Texto Completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.